Boas práticas para descrições de produtos

Como fazer descrições de produtos – Parte 2

O JBO continua com a série de posts que dão dicas para você se tornar um vendedor profissional no Marketplace da cidade. No primeiro texto as dicas foram sobre como redigir bons títulos de produtos. Agora, o assunto é sobre descrições de anúncios e como elas podem ser decisivas nas vendas.

Se os títulos são o primeiro ponto de contato entre o produto e o consumidor, a descrição faz o papel do vendedor. Ela vai indicar ao cliente os principais atributos do item anunciado, suas vantagens, características, diferenciais e especificações. Também serve para apontar orientações básicas de uso e conservação.

Ao enviar um anúncio para o Juatuba Online o texto passa por um processo de revisão, podendo ser recusado em caso de descumprimento das regras pré-estabelecidas. Portanto, para evitar problemas nas vendas leia as dicas abaixo:

Atributos de uma boa descrição

Um bom texto de descrição deve ser claro, dinâmico e conciso. Ele precisa ser informativo e ao mesmo tempo capaz de instigar o leitor a fazer a compra, mas sem adotar uma abordagem puramente comercial.

A descrição tem que permitir ao potencial cliente entender com facilidade o que é o produto e quais seus atributos. Isso requer a apresentação de informações precisas, verdadeiras, em uma redação livre de erros gramaticais ou de digitação.

Conforme o tipo de item anunciado também é importante deixar claro os possíveis riscos à saúde e à segurança dos consumidores.

Para escrever uma boa descrição é fundamental começar pelo planejamento. Coloque-se no lugar do cliente e pense em como seria possível explicar em palavras o produto que você está vendendo. Eis algumas dicas úteis para essa etapa:

  • Faça uma lista dos tópicos mais importantes acerca do produto que devem ser mencionados.
  • Pense nas possíveis perguntas que os consumidores poderiam fazer em uma interação ao vivo. Antecipe-se e responda essas perguntas em forma de texto.
  • Inspire-se. Se outros vendedores já anunciam o mesmo produto, observe as descrições e utilize como base para produzir a sua. Mas não faça cópias!
  • Capriche no primeiro parágrafo. Ele é decisivo para convencer o usuário a continuar lendo o texto e pesquisando sobre seu produto.
  • Escreva um rascunho do texto e faça uma simulação utilizando a Ferramenta de Descrição de Produtos
  • Revise tudo antes de publicar. Fique atento à gramática: erros de português ou de digitação são inadmissíveis! Eles afetam sua credibilidade e podem levar o potencial cliente a procurar outros lojistas.

Informações que não podem faltar

Na hora de redigir a descrição é importante lembrar de alguns itens que não podem faltar. São eles:

  • Características: o que seu produto faz exatamente? Que funções ele possui? De que material ele é feito? Qual o peso, as dimensões e a marca do produto? Isso permite ao usuário imaginar exatamente como é o item anunciado.
  • Qualidades: que problema seu produto resolve? O que seu produto faz diferente dos demais concorrentes? Existe algo similar no mercado? Isso ajuda no processo de convencimento do usuário.
  • Garantia: o fabricante oferece algum tipo de garantia? Qual o tempo de duração? Que aspectos a garantia contempla? Essa informação reforça a credibilidade do anúncio.
  • Prazos de validade: o produto possui algum prazo de validade após o primeiro uso, por exemplo? Ou ele possui algum limite de utilização? Isso ajuda o cliente a decidir se o produto apresentando atende à demanda dele.
  • Itens incluídos: se o produto é um kit, vale listar o que vem e o que não está incluso. Na dúvida, liste tudo o que vem na caixa. Isso evita problemas no pós-venda.
  • Origem: de onde vem o produto? Ele é importado de outro país?

Itens proibidos nas descrições

O marketplace possui regras sobre como fazer as descrições de produtos. Confira alguns itens terminantemente proibidos de constarem na descrição do produto:

  • Contatos pessoais: não coloque na descrição contatos de e-mail, telefone ou site pessoal.
  • Caracteres fora do padrão: palavras inteiras em CAIXA ALTA (letras maiúsculas) são proibidas. A primeira letra de títulos e a primeira letra de parágrafos em caixa baixa (letras minúsculas) também serão rejeitadas. Há ainda restrição para alguns caracteres especiais, bem como para emojis e emoticons.
  • Códigos: não é permitido inserir quebras de linhas ou códigos HTML, CSS, Javascript e similares no texto.
  • Informações de outros produtos: muitas vezes o item anunciado possui acessórios ou complementos à venda (como uma bateria extra, tripé, cartão de memória, etc). Se esses itens não fazem parte do produto que está à venda, não podem constar na descrição da mercadoria.
  • Mentiras: não escreva na descrição funções ou atributos que seu produto não possui.

Conclusão

A descrição é o momento em que o vendedor online mais se aproxima do possível cliente. Por essa razão é preciso apresentar informações que deem confiança para o usuário entender o produto e ao mesmo tempo o deixem estimulado a fazer a compra. Também é importante respeitar todas as regras de cadastramento adotadas pelos marketplaces.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carrinho

Carinho Vazio